quinta-feira, abril 27, 2006

Prefácio de Ratzinger


Está sendo apresentado hoje na Itália um livro sobre Liturgia com prefácio do então Cardeal Ratzinger. O livro intitulado Rivolti al Signori - Voltados para o Senhor - argumenta em favor da Missa celebrada ad orientem, quer dizer, em direção ao oriente. Voltados pra o oriente porque é do oriente que surge o Sol, a Luz do mundo, que é Nosso Senhor.
Antigamente, voltavam-se realmente para o oriente, tanto Padre quanto fiéis, olhando todos para Deus. Atualmente, ad orientem quer dizer simplesmente que Padre e povo olham para a mesma direção.
É muito comum ouvir que era um absurdo o Padre celebrar de "costas para o povo". O defeito nessa expressão é que o Padre não celebrava de costas para o povo, mas sim de frente para Deus, voltado para a cruz e para o sacrário. E o Padre conduzia o povo para Deus, dando o exemplo e seguindo na frente, mostrando que o foco é Cristo.
Quando se celebra a Missa olhando para o povo, a impressão que se tem é que o centro da liturgia é o homem. A partir disso surgem as aberrações: a liturgia passa a ser "faça você mesmo", ficando ao arbítrio do Padre ou ao arbítrio de uma "comissão litúrgica paroquial" formada por leigos. Todavia, é necessário entender que, sendo Deus o centro, não somos nós que determinamos como devemos adorá-Lo. É o próprio Deus que o determina. Isto pode ser visto nos sacrifícios da antiga lei, em que inúmeras e detalhadas regras eram prescristas. Imagina, então, quão maior deve ser o cuidado quando se está oferecendo o Corpo e Sangue de Deus. É por isso que as rubricas nos Missais devem ser rigorosamente seguidas. Assim, o Padre e os fiéis negam as suas preferências, reconhecendo, como São João Batista, que importa que Ele cresça e que nós diminuamos (Jo 3, 30). A Missa - mais importante ação litúrgica da Igreja - não é para nos agradar ou nos fazer sentir bem, mas para adorar, pedir perdão pelos pecados, pedir as graças para a nossa salvação e agradecer pelas recebidas. Devemos fazer como o Senhor nos manda.
Rivolti al Signore.
Voltados para o Senhor, rezemos para que Papa faça a reforma da reforma litúrgica e para que libere a Missa de Sempre para todos os Padres (hoje apenas pode ser rezada com a autorização do Bispo).